top of page

CARTA ABERTA AO AMOR PELA DANÇA...

Por: Cláudia Fernandes

Existe um sentimento de inquietação que antecede todo o trabalho coreográfico que posteriormente, se transformará em um espetáculo.


O caminho é tão árduo e tão compensador quando suas bailarinas estão no palco, interpretando com o corpo, coração e alma o que o enredo quer passar.


Faz 20 anos que sigo o meu coração fazendo minhas bailarinas participarem de uma paixão, diferente de todas as outras: acontece no Nordeste, tem um Jesus nordestino e uma nova concepção nordestina de contar essa história...


Jesus, com certeza está vibrante e alegre! Por que assim como o REI DAVI, estamos enaltecendo nordestinamente, seu exemplo de vida e amor.


O BALLET tem esse poder... de adentrar em nossos corpos e fazer a arte surgir através de nossos passos, coreografias e bailados... o que tem sido meu maior objetivo aos 51 anos de vida e como professora de ballet, pedagoga e psicopedagoga clínica e institucional.


Vem aí, a Paixão Nordestina! E nossos ensaios estão a todo vapor.


Σχόλια


bottom of page